Feeds:
Posts
Comments

Archive for June, 2012

11 de Maio de 2011

Hoje acordei bem disposto e a ajudar, o calor do sol e uma fresca brisa do mar, esperam-me fora da tenda. Depois de tomar o pequeno-almoço e arrumar toda a tralha, faço o check-out do parque de campismo. Apesar de mais uma vez ter sido uma estadia curta, as boas impressões que tinha criado no dia anterior, confirmaram-se por inteiro “na hora da despedida”! Recomendo…

Parque de campismo da Ericeira

Já na estrada a pedalar, entro em modo planeamento e traço por linhas mentais, o que na véspera tinha observado no mapa, o caminho para o meu destino de hoje: Venda da Costa, Caldas da Rainha. E porque este destino? Porque é lá que vivem os pais de um grande amigo de faculdade e agora a viver na Holanda: o Miguel Policarpo (o “Poli”).

“Praia considerada por especialistas como a melhor da Europa para a prática de Surf. Desde 1985 e palco de vários campeonatos mundiais de Surf.” – pode-se ser numa placa à entrada da praia da Ribeira d’Ilhas

Logo à saída do parque de campismo volta a passar pela praia da Ribeira d’Ilhas e os surfistas já aproveitam as muitas ondas que esta linda praia proporciona.

Sigo caminho pela estrada nacional 8 (EN8) que aos pouco me vai afastando da costa em direcção a Torres Vedras, onde se celebra um das poucas festividades de Carnaval que se mantêm fiéis às tradições da comemoração do entrudo em Portugal. Este Carnaval distingue-se na celebração dos festejos contando com a participação espontânea e massiva dos cidadãos.

Ao chegar à entrada da cidade de Torres Vedras encontro um parque e decido parar para uma breve pausa. Algo que está a incomodar nesta manhã é uma ligeira dor de garganta. Procuro na minha “farmácia” algo para aliviar as dores: benuron e aquelas pastilhas com sabor a limão…deve chegar!

Depois da auto-medicação é momento de voltar à estrada. O calor aperta cada vez mais e algumas subidas fazem aumentar ainda mais a sensação de calor. Passo por algumas dificuldades e levo cerca de 1 hora e meia para percorrer os cerca de 25km que separam Torres Vedras de Bombarral. Ao chegar ao centro da vila, dou-me conta que a dor de garganta não passou, pelo contrário! O simples acto de beber água já se tornou muito complicado. Não é preciso ser um “Dr.House” para perceber que estou com uma forte inflamação na garganta :(.

Pedalo até à Praça do Município e escolho um restaurante mesmo no centro da praça. Apesar do calor, peço uma sopa passada por sentir que a garganta não tolera comida “normal”. Rapidamente almoço e volto à estrada. O meu pensamento já está em chegar ao meu destino de hoje; poder descansar e tratar como deve ser, esta dor de garganta.

Depressa chego a Óbidos e noutro dia, com outra disposição, teria dedicado uns momentos, para uma visita ao centro desta muito pitoresca vila Portuguesa. Sigo caminho e pouco depois passo por um jovem de bicicleta. Pedalamos lado a lado e depois das habituais perguntas, o jovem decide dar um ar da sua graça e mostra-me toda a sua habilidade para o tão famoso “cavalinho”. O verdadeiro “de roda no ar”!

Entretanto os quilómetros vão-se acumulando e pedalo por estradas e caminhos que não me são completamente estranhos. O Policarpo é um velho amigo e no passado já o visitei na sua terra natal, por mais do que uma vez. Mas o caminho para a casa que me vai receber hoje não se apresenta fácil. Uma coisa é percorrermos de automóvel um certo caminho, outro é chegarmos a esse caminho de bicicleta. Mas com a ajuda de alguns populares e depois de um furo, finalmente chego ao meu destino. É a mãe do meu amigo Poli que me recebe e fico feliz por mais uma vez ser recebido com tanta amabilidade.

Ao jantar junta-se o Sr. Policarpo e tento responder a todas as perguntas com que são bombardeado. E assim chegamos à sobremesa, ao café e mesmo quando a telenovela é sintonizada na televisão. Uma noite muita agradável que quase me fez esquecer da dor de garganta que teima sobreviver aos medicamentos.

Até amanhã

PS: D. José da Cruz Cardeal Policarpo, Cardeal-Patriarca de Lisboa é de facto familiar do meu amigo e sua família.

Advertisements

Read Full Post »